Fantom (FTM) – Conheça a criptomoeda

Fantom (FTM) - Conheça a criptomoeda

FTM é uma criptomoeda que funciona como token de governança da Fantom, uma blockchain de primeira camada, assim como a Ethereum. A blockchain da Fantom permite a criação de múltiplas blockchains em uma camada acima da rede principal. O objetivo é fornecer uma rede rápida, barata e eficiente para criação e escalonamento de contratos inteligentes. O projeto tem diversos investidores por trás, incluindo Alameda Research e Black Tower Capital.

Qual o diferencial do projeto Fantom?

Com a popularização das finanças descentralizadas (DeFi), redes com suporte a contratos inteligentes como a Ethereum começaram a ficar congestionadas. Taxas de US$ 70 para executar uma transação em uma exchange descentralizada é algo normal na Ethereum.

Isso torna o acesso às plataformas DeFi restritos a usuários que movimentam grandes quantias. Embora a Ethereum já esteja fazendo uma movimentação para se tornar uma rede mais eficiente com a Ethereum 2.0, isso ainda deve demorar pelo menos 1 ou 2 anos.

A Fantom é uma blockchain de primeira camada com suporte a criação de múltiplas redes em uma camada acima da principal. O objetivo é solucionar a lentidão e a ineficiência de blockchains como a Ethereum.

Altamente escalável, transações quase instantâneas e baratas, descentralizada e compatível com aplicativos da Ethereum. Para chegar a nesses objetivo a Fantom utiliza duas tecnologias: o protocolo Lachesis e a camada de desenvolvimento Opera.

Lachesis Protocol

O Lachesis Protocol é camada de consensus Proof-of-Stake que provê a segurança da blockchain da Fantom e pode ser conectada em qualquer outra blockchain. Através do Lachesis todas as blockchains de segunda camada podem se comunicar entre si e com a primeira camada. Algumas das principais características do Lachesis são:

  • Assíncrono: Nodes tem a liberdade de executar comandos em qualquer horário;
  • Sem líderes: Nenhum node tem uma função especial na produção de blocos da rede;
  • Byzantine Fault-Tolerant: Permite que um terço dos nodes falhem;
  • Transações quase instantâneas: Transações são confirmadas em 1 ou 2 segundos.

Opera Mainnet

A Opera é mainnet, a camada de desenvolvimento da Fantom, um ambiente para a criação de aplicações descentralizadas. É totalmente permisionless e open-source. Utilizando a Lachesis como algoritmo de consensus, a Opera é ultra rápida e processa transações quase instantaneamente, sem risco de congestionamento da rede. A Opera é compatível com a Ethereum Virtual Machine (EVM) e provê suporte a contratos inteligentes da linguagem Solidity.

Carteira DeFi Fantom

Todos os benefícios da rede Fantom podem ser acessados utilizando a carteira all-in-on criada pela própria Fantom Foundation. Acesse produtos DeFi, faça staking, efetue transações e mais.

Carteira all-in-on da Fantom

Qual a função da criptomoeda FTM na Fantom?

FTM é a criptomoeda que funciona como token de governança na blockchain da Fantom. Suas utilidades podem ser resumidas em: Ajuda na segurança da rede, pagamentos em geral, pagamentos de taxas de transação e governança da rede.

FTM e a segurança da rede

A principal utilidade da criptomoeda FTM é manter a segurança e a descentralização da rede através do Proof-of-Stake. Para ser um node validador na rede é necessário ter no mínimo 3.175.000 de FTM travados na rede. Como recompensa, os nodes recebem parte das taxas de transações e outras recompensas.

Pagamentos com FTM

A cripto FTM é ideal para enviar e receber pagamentos graças a velocidade e baixo custo da rede. Transferências na Fantom são feitas em cerca de 1 segundo e custam algo em torno de US$ 0,0000001.

Taxas de transação

FTM é utilizado para o pagamento de taxas na rede, tanto de simples transações como taxas para criar contratos inteligentes e redes de segunda camada. Sem uma taxa, uma rede seria um alvo fácil para spam de transações, podendo prejudicar a performance da rede. As taxas na Fantom são baratas, mas são caras o suficiente para afastar indivíduos maliciosos da rede.

Governança da rede Fantom

A FTM é necessária para governança. Qualquer decisão é votada pelos stakers, que além de votar podem propor mudanças e melhorias para a rede. Fazer staking de FTM é imprescindível para poder participar dos processos de votação.

Quem são os fundadores do projeto Fantom?

Ahn Byung é o fundador e CEO da Fantom Foundation. É doutorado em ciência da computação pela Universidade de Yonsei e recebeu o President Award pelo seu bem sucedido negócio de TI. Ahn é um escritor contribuinte da revista Fortune Magazine, e tem aparecido nas principais mídias do meio empresarial da Coréia do Sul. Em 2010, o Dr. Ahn criou uma bem sucedida plataforma food-tech chamada SikSin. Ele é o presidente da Korea Foodtech Association, uma associação que conta com mais de 90 empresas como membros. Conheça toda a equipe da Fantom no site oficial.

Como e onde comprar a criptomoeda FTM da Fantom?

A cripto FTM pode ser encontrada em diversas exchanges internacionais como Binance, Kucoin, FTX e Gate.io. Para brasileiros a melhor forma de se comprar FTM com reais é na Binance. A corretora aceita depósitos em reais por PIX, cartões de crédito e transações P2P.

Fontes: site oficial, messari

Siga o Twitter do Criptomoedas Hoje e fique sempre informado!

Deixe um comentário